DISCIPLINA: História da Fotografia – Silvana Louzada

6 Jan

Horário: SEG / QUA: 20/22h

 

Profa. Dra. Silvana Louzada

DISCIPLINA: História da fotografia

EMENTA

 

A eclosão da imagem técnica na primeira metade do século XIX representa o coroamento de diversos processos técnicos e culturais e transforma a relação do homem com o outro e altera sua forma de estar no mundo. Pela primeira vez na história é possível, através da imagem, alcançar lugares remotos e visualizar povos e culturas distantes.

O curso História da Fotografia analisa a produção fotográfica desde os primórdios até a atualidade, dimensionando as transformações que a nova linguagem instaura no cotidiano e no imaginário de parte do mundo ocidental e investigando as transformações inerentes ao desenvolvimento histórico da própria linguagem fotográfica.

Visa fornecer um amplo panorama da evolução da fotografia no mundo e no Brasil, abordando os principais movimentos artísticos, culturais e estéticos, assim como a evolução tecnológica da fotografia e seus desdobramentos.

 

OBJETIVOS

 

Fornecer subsídios para a análise histórica da produção fotográfica desde sua descoberta até a contemporaneidade, visando o entendimento da fotografia como resultado de processos culturais, artísticos e tecnológicos.

Examinar o desenvolvimento tecnológico e expressivo da linguagem, os principais fotógrafos, escolas e movimentos artísticos, assim como os principais movimentos documentais.

Relacionar a produção fotográfica contemporânea e as novas tecnologias com a história da fotografia.

Incitar a leitura crítica das imagens e o entendimento dos processos culturais e tecnológicos envolvidos em sua produção.

 

 

CONTEÚDO

Unidade 1 – As descobertas da fotografia e as primeiras tecnologias

1.1 – A Câmera Obscura e os processos fotoquímicos que precedem a invenção da fotografia.

1.2 – O despontar da fotografia no século XIX. Os principais inventores e a invenção isolada da fotografia no Brasil.

1.3 – O daguerreótipo e o processo negativo-positivo.

1.4 – Colódio úmido, placas secas, albumina: a busca do processo e do suporte ideais.

1.5 – A evolução tecnológica: objetivas, revelação e sensibilidade.

Unidade 2 – Tendências fotográficas no século XIX

2.1 – A descoberta fotográfica do mundo e a busca de imagens exóticas. A fotografia explora o globo.

2.2 – As expedições científicas e a fotografia no Brasil

2.3 – Fotografia e Guerra – limitações tecnológicas e censura. O público e as imagens sensacionais.

2.4 – A fotografia e as ciências: antropologia, medicina e astronomia.

2.5 – Retrato, nu,  medicina e identificação policial.

2.6 – A popularização da fotografia: Disdéri e o cartão de visita fotográfico.

2.7 – Captando o movimento: Marrey e Muybridge.

 

Unidade 3 – A fotografia como fenômeno de massa

3.1 – A Kodak nº 1: “Você aperta o botão, nós fazemos o resto”. O surgimento da fotografia amadora.

3.2 – O halftone e a reprodução direta da fotografia na imprensa.

3.3 – Ermanox e Leica: a liberação do fotógrafo.

3.4 – O instantâneo e a liberdade de fotografar

 

Unidade 4 – fotografia moderna e vanguardas: a fotografia como arte.

4.1 – O pictorialismo e a Photo Secession. Fotografia e arte.

4.2 – A Galeria 291 e a revista Camera Work.  A straight photography.

4.3 – A fotografia moderna no Brasil. Os fotoclubes.

4.3 – Dadaísmo e surrealismo.

 

Unidade 5 – A fotografia de documentação social e o fotojornalismo

5.1 – Os precurssores: Jacob Hiis e Lewis Hine.

5.2 ­– O fotodocumentarismo a serviço do Estado: o Farm Security Administration e a experiência da expedição Rondon.

5.3 – A guerra como tema privilegiado: a Guerra Civil Espanhola, a II Guerra Mundial e a Guerra do Vietnã.

5.4 – As revistas ilustradas; a revista Life e O Cruzeiro.

5.5 – A Agência Magnum e o novo estatuto do fotógrafo.

5.6 – A fotografia e os jornais diários

5.7 – As agências independentes no Brasil.

5.8 ­– A fotografia documental e a imersão no objeto.

 

Unidade 6 – A fotografia contemporânea e as novas tecnologias

6.1. Fotografia e arte: multiplicidade de suportes e hibridização da linguagem.

6.2. Os suportes digitais e suas implicações.

6.3. A história da fotografia, técnica e linguagem, o fotógrafo do século XXI.

Bibliografia Preliminar

 

FABRIS, Annateresa (org). Fotografia: usos e funções no Século XIX. São Paulo: Edusp, 1991. páginas.

FERNANDES JUNIOR, Rubens Labirinto e identidades: panorama da fotografia no Brasil [1946-98], Cosac & Naif, São Paulo, 2003.

KOSSOY, Boris Hercules Florence – 1833: a descoberta isolada da Fotografia no Brasil Faculdade de Comunicação Social Anhembi – SP – 1977

____Origens e expansão da fotografia no Brasil – século XIX, Mec:Funarte, RJ, 1980.

MAUAD, Ana Maria. O Olho da História: fotojornalismo e a invenção do Brasil contemporâneo In: História e Imprensa: representações culturais e práticas de poder. 1ª ed. Rio de Janeiro : Faperj/DP&A Editora, 2006, v.1, p. 365-385.

SONTAG, Susan. Diante da Dor dos Outros. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

SOUSA, Jorge Pedro. Uma História Crítica do Fotojornalismo Ocidental. Chapecó: Grifos; Florianópolis: Letras Contemporâneas, 2000.

VASQUES, Pedro D.Pedro II e a fotografia no Brasil, Fund.Roberto Marinho:Companhia Internacional de Seguros, RJ, 1993.

____A Fotografia no Império, Coleção Descobrindo do Brasil, Zahar, Rio de Janeiro, 2002

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: